Comunicação científica e os estudos métricos na web #CoCiMetrics

Capa CoCiMetrics

 

Depois de quase 8 meses “distante” da sala de aula como professor, ontem eu retornei para ministrar uma disciplina sobre estudos métricos da informação na web no contexto da comunicação científica. Já faziam algum tempo que essa temática me intrigou e vi no estágio docente do doutorado a oportunidade de avançar na discussão teórica e prática que ela envolve. Já contando com possíveis contribuições de amigos mais que interessados no tema como @iaravps e @trmurakami.

Será uma disciplina curta de 30 horas, sendo 15 horas de aula teórica e as outras 15 horas de aula prática, estruturadas na seguinte proposta:

EMENTA

 Estudos métricos da informação científica em contextos digitais. Informetria. Cientometria. Cibermetria. Webometria. Altmetria. Monitoramento e mensuração da informação científica em blogs, redes e mídias sociais.

 

PROGRAMA

Comunicação cientifica e internet: indicadores e métricas; Estudos métricos da informação na web; Informetria, Cientometria. webometria, cibermetria e altmetria – conceitos, estruturas e aplicações; Redes sociais virtuais e mídias sociais – conceitos e questões teórico-metodológicas; Monitoramento e mensuração da informação científica em redes e mídias sociais.

OBJETIVOS

Apresentar a comunicação científica e os estudos métricos da informação em contextos digitais.

Refletir sobre as métricas da informação e sua aplicação nas redes e mídias sociais.

BIBLIOGRAFIA

CRUZ, Ruleandson do Carmo. Redes sociais virtuais: premissas teóricas ao estudo em ciência da informação. Transinformação, Campinas, v.22, n.3, 2010

GOUVEIA, F. C.. Novos caminhos e alternativas para a Webometria. Em Questão, Porto Alegre, v. 18, Edição Especial, p. 249 – 261, dez. 2012

GOUVEIA, F. C.. Altmetria: métricas de produção científica para além das citações. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 9, n. 1, p. 214-227, maio 2013

MACÍAS-CHAPULA, C. A. O papel da informetria e da cientometria e sua perspectiva nacional e internacional. Ciência da Informação, Brasilia, v. 27, n. 2, p. 134-140, maio/ago. 1998.

MEADOWS, A. J. A comunicação científica. Brasilia: Briquet de Lemos Livros, 1999. 268 p.

NORONHA, D. P.; MARICATO, J. M.. Estudos métricos da informação: primeiras aproximações. Enc. Bibli: R. Eletr. Bibliotecon. Ci. Inf., Florianópolis,  n. esp., 1º sem.  2008

PRINCIPE, Eloisa. Comunicação científica e redes sociais. In: ALBAGLI, S. (Org.) Fronteiras da ciência da informação. Brasília, DF: IBICT, 2013. (p.196-216)

RECUERO, R. Redes Sociais na Internet. Porto Alegre, Sulina, 191 p. 2009

VANTI, N. A. P. Da bibliometria à webometria: uma exploração conceitual dos mecanismos utilizados para medir o registro da informação e a difusão do conhecimento. Ciência da Informação, Brasília, v. 31, n. 2, p. 152-162, maio/ago. 2002.

VANTI, Nádia. Os links e os estudos webométricos. Ciência da Informação, Brasília,v. 34, n. 1, p.78-88, jan./abr. 2005

 BIBLIOGRAFIA COMPLEMENTAR

ARAUJO, R. F.; TEIXEIRA, J. C. S. Biblioteconomia conectada: análise da biblioblogosfera brasileira. Revista ACB: Biblioteconomia em Santa Catarina, Florianópolis, v.18, n.2, p.949-978, 2013.

ARAUJO, R. F. ; SILVA, B. F. M. ; MOTA, F. R. L. . Compartilhamento de vídeos sobre informação em saúde: análise da representatividade da dengue no Youtube. In: I Congresso ISKO Espanha e Portugal / XI Congresso ISKO Espanha, 2013, Porto. Actas do I Congresso ISKO Espanha e Portugal / XI Congresso ISKO Espanha. Porto: CETAC.MEDIA, 2013. v. 1. p. 1121-113

CAPURRO, R.; HJORLAND, B.. O conceito de informação. Perspectivas em Ciência da Informação, Belo Horizonte, v.12, n.1, p.148-207, jan/abr. 2007

DIAS, L. C. Os sentidos da rede: notas para uma discussão. In: DIAS, L. C.; SILVEIRA, R. L. L. Redes, Sociedades e Territórios. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2005. p.11-27

DIAS, L. C.; SILVEIRA, R. L. L. Redes, Sociedades e Territórios. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2005.

RECUERO, R.; ZAGO, G. “RT, por favor”: considerações sobre a difusão de informações no Twitter. Revista Fronteiras, v.12, n. 2, mai/ago. 2010

SCHERER-WARREN, I. Redes sociais: trajetórias e fronteiras. In: DIAS, L. C.; SILVEIRA, R. L. L. Redes, Sociedades e Territórios. Santa Cruz do Sul: EDUNISC, 2005. p.29-50

SILVA, T. (Org.). Para entender o monitoramento de mídias sociais., 165p., 2012

– –

Ao longo do desenvolvimento da disciplinar vou postando algumas discussões por aqui. Deixo abaixo uma das apresentações da aula inaugural que pretendeu contextualizar o contexto no qual se pensa a informação para reflexões e aplicações na disciplina.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s