Eu queria ter um orientando assim #Skoob

QueriaTer

Está no ar mais um post da nova seção no blog: “Eu queria ter um filho orientando assim! É aqui que você confirma sua aptidão nata se informa sobre algumas possibilidades de pesquisa com as quais pode se dedicar em seu destemido Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). A ideia dessa seção é indicar temáticas pouco exploradas no âmbito da Biblioteconomia e Ciência da Informação dentro dos meus interesses de pesquisa.

Estou para dizer que os alunos que conseguem melhor desempenho são aqueles que escolhem temáticas de TCC que despertam seu interesse, assuntos com os quais gostam de discutir com colegas de curso, professores, ou mesmo temas que despertam sua curiosidade. As vezes a ideia pode surgir de algo que, a princípio, não tenha nada a ver com a área e simplesmente imergir de algo que goste.

Não escondo meu entusiasmo por pesquisas que tenham como objeto de estudo as redes sociais na internet. Redes sociais temáticas que abordam assuntos ou interesses específicos têm demonstrado cada vez mais crescimento e já existem para todas as tribos e hábitos. A diversidade é grande e seja com fins acadêmicos e profissionais ou de lazer e entretenimento há uma rede formada com pessoas compartilhando experiencias e gostos em comuns. Já abordei em outra postagem aqui sobre o Filmow voltada para os “cinéfilos”.

A sugestão de hoje é para os fissurados em leitura e a rede é o Skoob:

Este é um lugar criado para quem ama ler. Descubra novos livros, autores, editoras e amigos“(SKOOB, 2015).

Na rede você cria um perfil (se cadastrando ou vinculando a sua conta do Facebook) e adiciona em sua biblioteca livros indicando se sua relação de ‘já ter lido’, ‘estar lendo’, ‘vai ler’, ‘abandonou a leitura’, e ‘fez resenha’, além de sinalizar seus ‘Favoritos’, ‘Desejados’, ‘Emprestados’, ‘Disposta a trocar’ e compartilhar sua ‘Meta de leitura’.

O usuário pode adicionar amigos, seguir e ser seguido por perfis de outros usuários bem como acompanhar autores, editoras e participar de grupos de discussões que funcionam como “roda de leitores”. O usuário pode ainda configurar para que suas atualizações como o início ou término de leitura de um novo livro, ou a elaboração de uma resenha na rede sejam compartilhadas em outras mídias como o Twitter ou o Facebook.

As redes sociais na internet tem sido cada vez mais consideradas ambientes ricos em trocas informacionais com fluxos intensos de comunicação e interação, e portanto, bons objetos de estudos para a área de Biblioteconomia e Ciência da Informação.

Assim como no caso do Filmow, dispositivos informacionais como o Skoob, além de análises de redes sociais, de comportamento informacional ou estudos de usuários (visando compreender uma análise da apropriação que os sujeitos fazem e das ações de informação de executam), podia-se estreitar o diálogo com a área de Biblioteconomia e pensar em explorar, por exemplo: a rede como espaço de mediação da leitura, de recomendações de leitura, de avaliação de obras e autores. Outra possibilidade seria explorar a representatividade da área no levantamento de quantos títulos ela tem na rede, quais autores e temáticas representativos.

Vou contar pra vocês, nunca vi nenhum TCC sobre isso, se por acaso, assim, como se nunca tivesse lido sobre isso no meu blog  quem nasceu pra realizar esse tipo de estudo, um aluno me procurasse com uma ideia dessas eu diria: ahhh como eu “Queria ter um orientando assim”.

Quem sabe aparece…

 

 

 

Anúncios

Uma resposta para “Eu queria ter um orientando assim #Skoob

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s