Atenção online e métricas alternativas para periódicos: projeto aprovado! #Fapeal #universal

baners-site-4-520x245

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Alagoas (FAPEAL), divulgou o resultado da Chamada Universal Nº4/2016 – Programa Estadual de Auxílio à Pesquisa – APQ e o projeto “Atenção online e métricas alternativas da produção científica registrada em artigos de periódicos do Estado de Alagoas: áreas de conhecimento, instituições e pesquisadores” está entre os recomendados e contemplados.

Em linhas gerais, a pesquisa propõe o monitoramento de métricas alternativas para artigos de periódicos eletrônicos publicados por instituições de ensino e pesquisa sediadas no Estado de Alagoas por meio do mapeamento e visualização de dados sobre a atenção online que a produção científica dessas revistas recebe na web social. Parte da proposta está pautada na fundamentação teórica, no examine da literatura sobre a comunicação científica e internet, o periódico eletrônico e por fim, a altmetria, para compreender como este campo vem se configurando e quais contribuições trazem para a produção científica periódica do Estado e para os estudos de comunicação científica. A parte empírica da pesquisa será realizada em três fases.

Na fase I, será feito: a) o levantamento dos periódicos científicos publicados no Estado de Alagoas; b) o levantamento e extração de metadados das publicações dos periódicos científicos de acesso aberto (suportados pela tecnologia SEER/OJS); c) armazenamento em banco de dados NoSQL MongoDB; e d) tratamento de dados com utilização de webservice com atribuição de vocabulário controlado. A fase II abarcará as atividades de coleta de dados altmétricos para as publicações por meio de buscas em diretórios de notícias, servidores de blogs, ambientes wikis e de consultas parametrizadas em interface de programação de aplicações (Application Programming Interface – API´s) das principais mídias sociais e gerenciadores de referência. A fase III tratará da disponibilização dos dados via web  para a comunidade científica, gestores de políticas públicas de Ciência, Tecnologia e Inovação (CT&I) e será trabalhada na perspectiva de visualização gráfica por meio de facetas nos resultados de busca além de relatórios de divulgação periódica de revistas, autores, instituições e temas de pesquisa mais populares.

Dessa forma, será possível aferir o grau de audiência e atenção online que a produção científica periódica publicada por instituições do Estado tem recebido na web social. Espera-se, que os resultados da pesquisa aqui proposta possam eventualmente promover uma maior visibilidade da produção científica (instituições, autores, periódicos, artigos, temas), servir como filtro e apoio na indicação e recomendação dessa produção, subsidiar planos de marketing e divulgação, cada vez mais exigidos aos periódicos, como prática de profissionalização da editoração científica, bem como contribuir no desenvolvimento de indicadores dessa produção contribuindo para as políticas públicas de desenvolvimento de CT&I no Estado.

É isso, muito trabalho pela frente!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s